Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O pior cego

Não, não quero ver, por isso fujo para mundos meus de leitura, filmes, series e agora também de escrita.

O pior cego

Não, não quero ver, por isso fujo para mundos meus de leitura, filmes, series e agora também de escrita.

02.Jul.20

Porque escrevo

     Passo horas em frente a páginas em branco. Mais horas ainda em frente a palavras que acabo por apagar. E muito mais com ideias que teimam em não ganhar forma e sair para o papel.

     Uso demasiado do meu tempo a pensar em escrever. Uso demasiado do meu tempo a pensar no que escrever. Uso demasiado pouco do meu tempo a escrever.

     Não sei porque o faço. Não sei porque gasto toda esta energia com algo que, no fim de contas, aparenta sempre ser algo tão inutil e sem sentido. Não sei porque me desgasto tanto com algo para que sempre pensei não ter habilidade nenhuma.

     Não sei porque o faço, mas sei que não podia fazer de outra forma. Sei que não havia mais nada que pudesse estar a fazer neste momento. Sei que estou a fazer algo que tenho de fazer. Não porque tenha jeito, não porque seja bom, não porque seja útil. Nem tão pouco por ser algo  que me faça sentir bem.

     Escrevo porque me faz sentir mais em paz. Escrevo porque me faz sentir menos mal. Escrevo porque me faz sentir mais eu.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.