Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O pior cego

Não, não quero ver, por isso fujo para mundos meus de leitura, filmes, series e agora também de escrita.

O pior cego

Não, não quero ver, por isso fujo para mundos meus de leitura, filmes, series e agora também de escrita.

15.Mar.15

A árvore

     Numa enorme planície verdejante foi plantada uma árvore. Uma semente trazida pelo vento que ali conseguiu criar ténues raízes e começar o seu crescimento. Durante os primeiros anos cresceu alegremente ao sabor do sol imenso que era só dela. Pássaros passaram, pessoas sorriram ao ver o pequeno rebento no imenso campo e algumas até o regaram com esperança de o ver crescer.

     A árvore foi crescendo. Nasceram ramos onde alguns pássaros começaram a fazer ninhos e nesses ramos nasceram folhas que protegiam as pessoas do sol. Na primavera as suas flores adornavam os cabelos de várias raparigas e no verão os seus frutos sumarentos eram colhidos e saboreados por todo o tipo de pessoas e animais. Na sua sombra houve quem jurasse amor eterno com letras escritas na sua casca, houve também quem brincasse com as pedras das redondezas ou ainda quem a tentasse podar.

     Com o passar dos anos os diversos amores acabaram, deixando para trás apenas as cicatrizes que lhe enrijaram a casca. Todas as pedras que serviram de brincadeira formaram montes à sua volta e, até quem a tentou moldar, desistiu face à sua vontade de crescer. As planícies verdejantes da sua infância deram lugar a searas douradas e menos pessoas iam ao encontro de tal árvore. No meio do campo as suas marcas, a muralha de pedras que a rodeava e o profundo fosso criado por todos os pés que passaram por ai desencorajavam até os mais aventureiros.

     Actualmente, é pouca a companhia da árvore. Há pessoas a passar à volta dela e algumas olham, curiosas, mas nunca mais que o tempo estritamente necessário. E assim, na solidão, ela espera pelo dia em que aparecerá alguém que salte o fosso que a separa da humanidade. Talvez até quebre a muralha e a traga de volta para a vida.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.